Marcar Tour

As 7 igrejas mais bonitas do Porto

Descubra quais as igrejas mais bonitas do Porto. O artigo tem informações sobre preços dos ingressos e como chegar a cada uma das igrejas.

Sara Riobom

Janeiro 17, 2020

Tour privado no Porto (meio dia)

Cross Sell
Antes de ler este artigo: já tem onde ficar no Porto? Se não tiver, leia o meu artigo sobre Onde Ficar no Porto: as Melhores Zonas da Cidade.

Sendo Portugal um país de matriz judaico – cristã, para compreender a nossa cultura é fundamental visitar as nossas igrejas.
Assim, fiz o meu Top 7 das Igrejas mais bonitas do Porto, com informações sobre preços e acessibilidade. Espero que goste! 🙂

Assim, as igrejas mais bonitas do Porto são:

Igreja e Torre dos Clérigos

Rua de São Filipe de Nery | Porto
interior igreja clerigos

A Igreja e a Torre dos Clérigos foram, durante décadas, os monumentos mais famosos do Porto. A sua localização, num rua bastante íngreme, levou a que o arquitecto italiano Nicolau Nasoni optasse por desenhar apenas uma torre, ao invés de duas.
O que foi, na altura, considerado uma falha arquitectónica veio a tornar-se num elemento singular, conduzindo a nossa Torre dos Clérigos à sua justa fama.
Recomendo que adquira o bilhete online para a Torre dos Clérigos, no topo da qual poderá apreciar uma fabulosa vista de 360º sobre a cidade do Porto e o rio Douro. A meu ver é a vista mais bonita da cidade.
Recomendo também que visite a Igreja dos Clérigos e não apenas a torre, porque além de gratuita, é lindíssima.
Melhor hora para visitar: por volta das 11h (porque às 12h há um concerto de orgão de tubos na igreja) ou então por volta das 18h, porque a luz do final do dia é muito bonita para fotografar do topo da torre.
Como chegar: a Igreja e a Torre dos Clérigos estão a 10min a pé da estação de comboios e de metro São Bento. Podes também apanhar o elétrico 18 ou o 22.

Catedral do Porto

Terreiro da Sé | Porto

A catedral do Porto é uma das igrejas mais bonitas do Porto e também das mais antigas, datando do séc. XII. A sua fachada e o seu interior combinam harmoniosamente três estilos arquitectónicos: o românico, o gótico e o barroco.
A catedral do Porto constitui não só um dos melhores miradouros da cidade mas também um excelente ponto de partida para a descobrir, uma vez que tem um centro de turismo mesmo em frente. Por outro lado, da Catedral do Porto pode simplesmente perder-se pelas ruelas íngremes que o conduzirão ao rio Douro, tal como a famosa Rua Escura.
Ingressos: A visita à catedral do Porto e ao Paço Episcopal, mesmo em frente, custa 5€. Pode adquirir o bilhete no próprio local.
Como chegar: a catedral do Porto está a 10 minutos a pé da estação de comboios e de metro São Bento.

Paço Episcopal

Terreiro da Sé | Porto

Quando visitar a catedral do Porto não perca a oportunidade de visitar o Paço Episcopal, isto é, a residência oficial do Bispo do Porto. O edifício abriu recentemente ao público e é simplesmente magnífico, como podes ver pelas imagens!
Ingressos: A visita à catedral do Porto e ao Paço Episcopal, mesmo em frente, custa 5€. Pode adquirir o ingresso no próprio local.
Como chegar: o Paço Episcopal está localizado mesmo em frente à catedral do Porto e fica a 10 minutos a pé da estação de comboios e de metro São Bento.

Igreja de São Francisco

Rua do Infante D. Henrique | Porto
interior igreja sao francisco porto

O que admiro verdadeiramente na Igreja de São Francisco é a combinação de dois estilos arquitectónicos distintos: o Gótico (presente na rosácea da fachada principal) e o Barroco (muito visível no altar e em toda a talha dourada).
Por outro lado, dentro daquela que é considerada uma das igrejas mais bonitas do Porto encontra-se também uma magnífica árvore de Jessé, do lado esquerdo de quem percorre a nave central, que não me canso de admirar sempre que lá vou.
Ingressos: o bilhete para a Igreja de São Francisco custa 4,5€ e só pode ser adquirido no próprio local.
Como chegar: é muito difícil estacionar perto da Igreja de São Francisco, pelo que recomendo que caminhe a partir da estação de comboios e de metro São Bento.

Igreja de Santa Clara

Largo 1º de Dezembro, 3 | Porto
talha dourada igreja santa clara porto

Contado ninguém acredita: num pequeno larguinho a meio do caminho entre a catedral do Porto e a Praça da Batalha, encontra-se uma das igrejas mais bonitas do Porto, muito bem escondida.
A fachada discreta esconde um magnífico interior inteiramente revestido a talha dourada, de tal forma que nos sentimos compelidos a uma contemplação doce e silenciosa.
Ingressos: a entrada na Igreja de Santa Clara é gratuita.
Como chegar: a Igreja de Santa Clara está a 10 minutos a pé da estação de comboios e de metro São Bento e a 2 minutos da catedral do Porto.

Igreja da Lapa

Largo da Lapa, 1 | Porto
fachada igreja lapa porto

Talvez já se tenha apercebido que, muito mais do que a estética ou o valor arquitectónico, o que me prende a um edifício são as histórias por detrás do mesmo. Assim, nesta lista das igrejas mais bonitas do Porto não poderia faltar a Igreja da Lapa, onde repousa o coração de D. Pedro IV, um homem que admiro profundamente.
D. Pedro IV, ou D. Pedro I do Brasil, foi o monarca que comandou as tropas liberais contra as tropas absolutas de D. Miguel, seu irmão. Aquando dessa guerra civil, as tropas de D. Pedro IV estiveram cercadas no Porto durante um longo período de tempo, nunca cedendo – daí o cognome do Porto de cidade Invicta. Como forma de agradecimento à cidade, D. Pedro IV doou-nos o seu coração, que está na Igreja da Lapa.
Quando visitar a Igreja da Lapa no Porto aproveite para visitar o seu cemitério – é muito bonito, cheio de símbolos maçónicos.
Ingresso: a entrada na Igreja da Lapa é gratuita.
Como chegar: a Igreja da Lapa está a 10 minutos a pé da estação de metro Lapa.

Igreja das Carmelitas e Igreja do Carmo

Rua do Carmo | Porto
fachadas igreja carmo igreja carmelitas porto

É impossível dissociar a Igreja do Carmo da Igreja das Carmelitas, duas das igrejas mais bonitas do Porto, que coabitam estrategicamente entre a zona noturna do Porto e Cedofeita, o bairro romântico da cidade.
Apesar de estarem juntas, as duas igrejas são bastante distintas: a Igreja das Carmelitas data do século XVII e tem um estilo mais clássico, enquanto que a Igreja do Carmo foi construída no século XVIII e é mais um excelente exemplo do estilo barroco português. Ambas, contudo, merecem uma visita sua 🙂
Ingresso: a entrada em ambas as igrejas é gratuita.
Como chegar: a Igreja da Lapa está a 15 minutos a pé das estações de metro Lapa e São Bento. Existe também uma paragem de autocarros mesmo em frente.

Capela das Almas

Rua de Santa Catarina, 428 | Porto

fachada capela das almas porto
A Capela de Santa Catarina, mais conhecida por Capela das Almas, é um dos edifícios mais fotografados do Porto devido à sua magnífica fachada, revestida a azulejos.
Na verdade, esta igreja do Porto que remonta aos finais do século XVIII só começou a chamar a atenção dos transeuntes  quando, em 1929, as suas fachas foram revestidas por 15947 azulejos que representam os passos da vida de São Francisco de Assis e de Santa Catarina, que são venerados na capela.
O interior da capela não é nada de especial, mas vale a pena ir lá só para ver as magníficas fachadas da Capela das Almas no Porto.
Como chegar lá: a estação de metro Bolhão está mesmo em frente.

Guarde este artigo para mais tarde:

melhores igrejas porto portugal
igrejas mais bonitas porto
Tem algo a dizer? Força, não se acanhe!

Os comentários estão fechados.