Eu organizo tours privados em Braga & Guimarães!


Para mais informações visite essa página ou envie um email para sara@portoalities.com.

(revisto e actualizado em Outubro de 2019)

Quem visita o Porto muitas vezes aproveita para fazer um passeio bate e volta a Braga e Guimarães, duas cidades maravilhosas no Norte de Portugal.

Neste artigo, vou dizer-vos o que fazer em Braga e Guimarães, onde comer, e muitas dicas de viagem. Divirta-se!

É perfeitamente possível ir tanto a Braga como Guimarães de comboio. Pode verificar quais as ligações disponíveis e os preços dos bilhetes no website dos Comboios de Portugal, bem como imensas informações preciosas sobre as estações de comboio no Porto.

No entanto, se quiser organizar um passeio de bate e volta a Braga e a Guimarães no mesmo dia eu aconselho a que alugue um carro, senão terá de coordenar três ligações de comboio (Porto até Braga, Braga até Guimarães e por fim Guimarães até Porto). Você pode encontrar os melhores preços de aluguel de carro em RentalCars ou no AutoEurope.

Guimarães, a cidade onde nasceu Portugal

Na minha opinião, Guimarães é a cidade mais bonita do Norte de Portugal (à excepção do Porto, claro!). Tem um centro medieval lindíssimo, muito bem preservado, e onde a circulação de carros é restrita.

Há muitos monumentos para visitar em Guimarães. Sugiro que comece nos três monumentos da Sagrada Colina: o Paço dos Duques de Bragança, o Castelo de Guimarães (onde o primeiro rei de Portugal nasceu) e a Igreja de S. Miguel. Para saber horários e preços dos ingressos de cada um desses monumentos, consulte o artigo Top 5 Coisas para Fazer em Guimarães.

bate volta braga guimaraes
Outra coisa engraçada para fazer num passeio bate e volta a Braga e Guimarães, principalmente se viajar com crianças, é apanhar o teleférico para a Montanha da Penha. Lá existe um complexo religioso muito bonito, mas também uma área verdejante com mesas de picnic, alguns restaurantes e trilhos para fazer a pé. É muito bonito!

Para saberem preços e horários do teleférico, consulte este website.

Onde Comer em Guimarães

Nesse roteiro de bate e volta a Braga e Guimarães não poderiam faltar recomendações de restaurantes para almoçar 🙂

Se tiver carro ou se não se importar de apanhar um táxi, então recomendo vivamente o restaurante S. Gião. Este restaurante é espaçoso e tem muita luz natural, pelo que é a escolha ideal para famílias com crianças ou para grupos grandes de amigos.

No S. Gião encontrará bons enchidos do Norte de Portugal, bem como um maravilhoso salmão fumado (de produção própria, acredita?). Para prato principal, recomendo a sopa de peixe com algas: é bastante rica em termos de sabor e de textura, mas não enfarta demasiado. E, como sobremesa, sugiro umas canilhas acompanhadas de vinho do Porto – faça slide nas fotos para ver essa delícia! 😉

Se não quiser sair do centro de Guimarães, sugiro o restaurante vegetariano Cor de Tangerina. O serviço é muito lento mas a comida é maravilhosa, e têm um pequeno jardim nas traseiras que é simplesmente perfeito.

Onde ficar em Guimarães

Este artigo está pensado para quem quer fazer um passeio bate e volta em Braga e Guimarães, mas também é uma boa opção ficar alojado numa das cidades. Há imensas coisas interessantes para ver nos arredores Braga e Guimarães, pelo que se tiver mais tempo, recomendo que passem dois dias na região.

Eu prefiro sempre ficar em Guimarães porque é uma cidade mais pequena e aconchegante, com aquele sentimento bom de proximidade.

Sugiro a Casa do Juncal, um boutique hotel do qual já vos tinha falado no meu Top 5 hotéis românticos no Norte de Portugal.

Casa do Juncal está no centro de Guimarães, num edifício renovado com poucos quartos, o que o deixa imediatamente à vontade. Espere miminhos deliciosos como um pequeno almoço à sua medida (eu pessoalmente não gosto de buffets, sei lá há quanto tempo é que a comida está ali exposta ao ar!).

Outras excelentes opções de alojamento em Guimarães são:

Se estiver a gostar deste artigo, não se esqueça de o guardar para mais tarde:

Braga, o reduto católico da Peninsula Ibérica

Confesso que Braga não me prende o coração como Guimarães. No entanto, é uma cidade com muitos pontos de interesse:

A magnífica catedral de Braga, a primeira a ser construída em Portugal. Até usamos a expressão “é velha como a Sé de Braga”, quando nos queremos referir a algo (ou alguém) realmente velho 🙂

Existem vários tipos de bilhetes para a catedral de Braga, mas eu recomendo que comprem o percurso conjugado 1+2+3, que dá acesso à catedral, às cinco capelas, ao coro alto e ao museu.

Outra coisa: na minha opinião, o tour guiado dentro da catedral, providenciado pelos funcionários, não vale a pena. É um tour pouco profissional e sem muita informação. Vale mais a pena levarem a lição estudada de casa!
rick steves braga guimaraes

Outro ponto de interesse em Braga é o Theatro Circo, uma casa de espectáculos lindíssima onde decorrem concertos, peças de teatro, e performances de diversas áreas.

A melhor forma de conhecer o Theatro Circo é assistir a um espectáculo, mas se a vossa agenda não o permite, existem também visitas guiadas ao edifício. Faça a sua reserva através do theatrocirco@theatrocirco.com.

rick steves braga guimaraes

© Theatro Circo

Por fim, gosto imenso do jardim de Santa Bárbara, um local meio escondido do buliço da cidade, ideal para uma paragem a meio do dia.

rick steves braga guimaraes

© Portugal Uma Viagem Fotográfica

Perto de Braga existem muitos outros locais maravilhosos!

Há alguns pontos de paragem obrigatória, principalmente para quem ficar uns dois dias na região:

O Santuário do Bom Jesus do Monte, um local de peregrinação com umas escadas barrocas com 116m. Vale a pena ver a escadaria a partir de baixo, subir – a pé para os mais corajosos, ou através do elevador hidraúlico – e apreciar a vista sobre Braga no topo. É mesmo, mesmo especial!

rick steves braga guimaraes
Se estiver em Braga e não tiver carro, a melhor forma de ir até ao santuário é apanhando o autocarro / ônibus 2 na Avenida da Liberdade. O bilhete é barato e pode comprá-lo já dentro do veículo.

Deixei o melhor para o fim: o Mosteiro de Tibães, um edifício religioso que data do séc. XVI.

Umas das coisas que mais gosto no Mosteiro de Tibães é a sua igreja, decorada com 5 estilos diferentes de talha dourada. Existe também um jardim rodeado de floresta densa, com muitas fontes, onde é muito prazeroso passear.

Existem quatro tipos de bilhete para o Mosteiro de Tibães, todos a 4€: visita independente (é dado um panfleto à entrada com alguma informação), audio guide (disponível em EN/PT/ES) e também um tour guiado, muito informativo e completo. O tour guiado no Mosteiro de Tibães vale mesmo a pena 🙂, mas dura, no mínimo, 1h30.

Para visitar o jardim paga mais 1,5€, e também vale a pena.

Onde Comer em Braga

Existem quilos de restaurantes em Braga mas nenhum chega aos pés d’O Arcoense, um dos melhores restaurantes do Norte de Portugal!

Recomendo vivamente que provem o cabrito pingado. Basicamente, preparam um arroz de forno numa travessa de barro, colocando uma grelha por cima, onde o cabrito é colocado. Como o nome indica, a gordura do cabrito começa a pingar para cima do arroz, enquanto este coze… perdoem-me, mas perante esta maravilha gastronómica, não se aloja qualquer sentimento de culpa!

As entradas são também deliciosas, desde o queijo da Serra aos enchidos de porco bísaro, de criação própria. Por fim, no Arcoense encontrará também uma excelente selecção de sobremesas portuguesas, desde o pudim Abade de Priscos ao Pão de Rala.

Outras alternativas são O Abocanhado (prove o Garnisé com vinho do porto à moda da aldeia) e a Taberna do Félix.

Provavelmente vou ser crucificada por escrever isto, mas é uma questão de serviço público: não vão à Taberna Belga comer Francesinha, não é nada de jeito! Se quiser provar francesinhas venham ao Porto e visite um destes restaurantes.

Onde ficar em Braga

where stay braga

Muitas pessoas preferem ficar alojadas em Braga porque é uma cidade maior, com imensos monumentos para visitar e inúmeras opções de restaurantes e bares. Esses são os locais que eu recomendo para ficar em Braga:

Quanto tempo devo ficar em Braga e Guimarães?

É possível fazer um passeio de bate e volta a Braga e Guimarães – por exemplo, visitando Guimarães de manhã e Braga à tarde-, em que fica já com uma boa ideias de ambas as cidades.

Mas para explorar os arredores eu recomendo pelo menos uns dois dias – a região é muito diversificada, rica em história religiosa mas também famosa pelos seus vinhos verdes… vale a pena ficar!

Como ir para Braga e Guimarães?

Existem várias formas de ir do Porto a Guimarães.
Se só pretende fazer um passeio de bate e volta em Guimarães, então o comboio (trem do Brasil) serve perfeitamente já que existe um comboio por hora do Porto a Guimarães. O primeiro comboio parte do Porto às 6h25 e o último sai de Guimarães às 22h48, sendo que o bilhete custa aproximadamente 3,50€ e a viagem dura cerca de 1h.

Para ir do Porto a Braga o esquema é muito semelhante: basta apanhar um comboio no Porto (o primeiro sai às 6h20) e depois apanhar um comboio de regresso (o último comboio sai às 23h32). O bilhete da viagem de Porto a Braga custa aproximadamente 3,50€ e a viagem dura cerca de 1h.

Devo alugar um carro para ir a Braga e a Guimarães?

Isso realmente depende do seu estilo de viagem e de quanto tempo planeia ficar na região.

Existem comboios do Porto a Braga e do Porto a Guimarães, e também entre ambas as cidades. No entanto, se pretender visitar as duas cidades num passeio de bate volta, fica difícil conjugar os horários de três comboios!

Eu diria que deve alugar carro se:

  • Pretender visitar Braga e Guimarães no mesmo dia;
  • Estiver a viajar com um grupo de 3 ou quatro pessoas: assim, o preço do aluguer do carro / pessoa fica bem mais barato!

Você pode encontrar os melhores preços de aluguel de carro em RentalCars ou no AutoEurope.

Tour privado em Braga e Guimarães

rick steves braga guimaraes
Se quer optimizar o seu passeio de bate e volta em Braga e Guimarães, poupando tempo e não se preocupando com qualquer detalhe logístico, então os meus tours são ideais para si.

Veja aqui mais informações sobre o meu tour bate e volta em Braga e Guimarães, ou então mande um email para sara@portoalities.com. Será um prazer recebê-lo!