Eu organizo tours privados no Porto

tours privados porto
Para mais informações veja essa página ou envie um email para sara@portoalities.com.

Não sei se é pura insensibilidade minha, mas tenho alguma dificuldade em perceber o fascínio das pessoas com os pastéis de nata. Tendo em conta a riqueza e complexidade da doçaria portuguesa, em particular da doçaria conventual, parece-me extraordinário que se fale do simples pastel de nata um pouco por todo o mundo, e que haja negócios exclusivamente dedicados ao mesmo.

Mas eu sei que estou em minoria, por isso aqui estão as minhas recomendações (todas devidamente testadas por mim, como podem deduzir pelas fotos de baixa qualidade :P) sobre onde comer pastéis de nata no Porto. Mas antes de vos dizer onde comer os melhores pastéis de nata no Porto, gostava de explorar convosco a história dos pastéis de nata. No final do artigo, ensino-vos também a fazer pastéis de nata em casa – seus gulosos, não vos ia deixar sem nada 🙂

A história dos pastéis de nata

A primeira receita escrita dos pasteis de nata, segundo o professor Virgílio Gomes (professor da História da Alimentação) são os famosos pasteis de leite da Infanta Dona Maria, neta do rei D. Manuel I.

A Infanta Dona Maria casou com o Duque de Parma e quando partiu para fora de Portugal levou consigo duas cozinheiras e um livro de 67 receitas, entre eles o de um pastel de massa areada com um recheio muito parecido ao atual. Mas o pastel de nata com a massa folhada, tal como o conhecemos, surgiu quase cem anos mais tarde, nos princípios do século XVII, através de um cozinheiro do rei Filipe II de Espanha (na altura, também rei de Portugal).

Há um artigo bastante completo desse mesmo professor que recomendo a quem queira aprofundar mais esta questão das datas e dos livros onde foram encontradas as primeiras referências dos pasteis de nata. Já eu vou avançar para outra questão muito pertinente:

Qual a diferença entre pastéis de nata e pastéis de Belém?

fabrica pasteis de belem

© Pastéis de Belém

Se disserem a um apreciador deste doce típico português que um pastel de nata é a mesma coisa que um pastel de Belém, estão a comprar uma guerra inglória de contornos pouco definidos. Eu, pessoalmente, nunca compreendi bem a diferença, mas mais uma vez refugio-me na história para esclarecer este tema.

Segundo a própria empresa dos pastéis de Belém, existia, em meados do século XIX, uma refinaria de cana de açúcar mesmo ao lado do Mosteiro dos Jerónimos, em Belém.

Ora como nós sabemos, em 1834 são encerrados todos os conventos e mosteiros de Portugal, e expulsos os membros do clero e restantes trabalhadores que lá viviam. Assim, estes homens trazem a receita dos pastéis do mosteiro para a rua, numas instalações anexas à antiga refinaria. Assim, em 1837 nascem os famosos pastéis de Belém, que vendem a módica quantia de 20.000 pastéis por dia (!).

Onde comer os melhores pastéis de nata no Porto

Todos – literalmente todos – os artigos que eu li sobre o tema referem apenas três pastelarias. Por isso eu fui numa autêntica odisseia à procura de mais opções, inclusivamente veganas (o que eu não faço por vocês, pessoal). Eis os melhores locais para comer pastéis de nata no Porto:

melhores pasteis nata porto manteigaria
A Manteigaria deve ser o local mais famoso para comer pastéis de nata no Porto. Percebe-se porquê: uma massa finíssima e estaladiça, encimada com um delicado creme por cima. Por outro lado, dedica-se exclusivamente a fazer pastéis de nata, sendo que se pode ver todo o processo produtivo dos mesmos, já que decorre à frente de toda a gente, numa espécie de aquário muito fotogénico.

No Porto há duas Manteigarias e vale a pena explicar a diferença:

– a da Rua Alexandre Braga é um espaço airoso com um café onde é possível pedir outras coisas para além dos pastéis de nata. Tem o terrível gosto de servir café Nespresso (sim, eu faço parte da equipa anti Nespresso e a favor de café de origem) e algumas acusações de serviço demorado, mas eu nunca tive problemas lá.

– a da Rua dos Clérigos é uma espécie de corredor sem mesas ou cadeiras, pelo que é a solução ideal para quem quer comprar pastéis de nata e continuar o seu passeio no Porto.

nata lisboa porto
Realmente às vezes as aparências iludem e nós devemos sempre dar o benefício da dúvida. Foi o caso, para mim, da Nata Lisboa. Eu já não simpatizava com o nome e o espaço não é o mais acolhedor desta lista de locais para comer pasteis de nata no Porto. É uma loja estreita, pintada de preto do chão ao tecto, e com uma esplanada a dar para a Rua das Flores.

Entrei desconfiada, mas tive de me render ao pastel de nata deles: uma massa bem fininha e crocante (ligeiramente oleosa para o meu gosto, contudo) e um recheio perfeito, nada enjoativo por não ser demasiado doce. Fiquei fã.

neta 3 pasteis de nata no porto
Descobri a Neta 3 (sim, porque há mais duas) por mero acaso, nas minhas deambulações pela Batalha. Tinha imenso bom aspecto por isso arrisquei num pastel de nata e foi uma aposta ganha.

Era pequenina, com uma massa mesmo estaladiça e um recheio maravilhoso. Fiquei com vontade de voltar lá para comprar pão e para comer um dos melhores pastéis de nata no Porto!

fabrica pasteis nata porto
Confesso que fiquei muuuuuito desconfiada quando entrei nesta loja; é que tresanda a turismo (no sentido negativo da expressão). Desde os funcionários, com aventais e boinas estampadas a azulejos, passando pela música mas também pelas sandes pré feitas com um aspecto duvidoso. Enfim, não foi a melhor primeira impressão.

No entanto, devo dizer que sem dúvida um dos melhores pastéis de nata no Porto são da Fábrica da Nata. Estes pastéis são pequeninos com uma massa estaladiça que não se desfaz com a primeira trincadela gulosa. Delicioso.

Este local tem uma pequena esplanada interior e serve diversos menus com pastéis de nata, sandes e bebidas quentes e frias.

Tem também a vantagem de estar localizado na Rua de Santa Catarina, uma das ruas mais emblemáticas do Porto.

pasteis nata porto sabor chocolate
As Natas d’Ouro nasceram como side project da Pastelaria Soares, que já tinha de seis estabelecimentos espalhados em Braga e em Vila Nova de Gaia. Entretanto abriram uma esplanada no Cais de Gaia, mesmo em frente às caves de vinho do Porto, e, há relativamente pouco tempo, abriram uma loja pequenina na Rua Sá da Bandeira.

O que torna as Natas d’Ouro um dos locais para provar um dos melhores pastéis de nata no Porto é o facto de fazerem variações ao tradicional pastel. Aqui encontram pastéis de nata de vinho do Porto, chocolate, caipirinha, laranja e limão.

Quando lá fui provei um dos pastéis de nata de limão, que fechou com chave de honra uma semana dedicada aos pastéis de nata. A massa era estaladiça e o recheio tinha, devidamente, um subtil traço a limão que serviu para desenjoar.

Existem pastéis de nata vegan no Porto?

pastel nata vegan porto
Embora eu já praticamente não coma carne ainda como muitos produtos de origem animal tal como ovos, manteiga e leite, por isso não sou a pessoa mais indicada para vos falar de pastelaria vegana no Porto. No entanto, sei de fonte segura que tanto a Vegana by Tentúgal como a Moment’um (eu já vos falei deste café em Campanhã) servem pastéis de nata vegan deliciosos, por isso vale a pena experimentar 🙂

PS – A foto de capa foi retirada da página de Facebook da Manteigaria.

Faça um tour privado no Porto comigo! 🙂

private tour porto

A melhor forma de ficar a conhecer bem o Porto é fazendo um tour privado comigo!

Para saber mais sobre os meus tours privados no Porto, visite esta página, ou envie um email para sara@portoalities.com.

Será um prazer recebê-lo no Porto! 🙂


Guarde este artigo para mais tarde:

onde comer pasteis nata no porto

lista melhores pasteis de nata no porto portugal