Descubra os edifícios mais altos do Porto

Atrações turísticas

Abril 3, 2018
rita real blog portoalities

Traduzido do original por Sara Riobom

Traduzido do original por Sara Riobom

rita real blog portoalities

Eu organizo tours privados no Porto

tours privados porto
Para mais informações veja essa página ou envie um email para sara@portoalities.com.

O Porto, ao contrário de outras cidades europeias, não tem arranha céus. Isto é em grande parte devido às dificuldades económicas, sentidas nos séculos XIX e XX, que moldaram a arquitetura portuguesa como a conhecemos hoje.

Por isso, não se surpreenda ao saber que os edifícios mais altos do Porto variam entre 60 a 76 metros de altura. No entanto, todos eles valem a pena ser vistos, ou pela sua beleza arquitectónica ou pela sua história singular.

Estes são os edifícios mais altos do Porto:

Torre dos Clérigos

Rua de S. Filipe de Nery

© Rubem Jr

A torre dos Clérigos não é apenas um dos edifícios mais altos do Porto, mas também um dos mais famosos. Não admira: este impressionante exemplo de arquitectura barroca, desenhado pelo mestre italiano Nicolau Nasoni, oferece uma vista inesquecível do Porto para aqueles que não se deixam intimidar pelos seus 225 degraus íngremes até ao topo.

Pessoalmente não sou tão adepta de subir a torre dos Clérigos quanto de visitar a sua igreja. Na verdade, a Igreja dos Clérigos é uma das mais belas igrejas do Porto, devido à sua forma invulgar, às suas paredes inteiramente revestidas a mármore cor de rosa e a talha dourada barroca e às suas amplas janelas que criam um esplêndido ambiente de luz natural.

A maioria das pessoas espera pacientemente na fila para comprar os ingressos para visitar a torre dos Clérigos, mas pode simplesmente ignorar a fila e ir directamente para a igreja, pois o acesso é gratuito.

Como chegar: A estação de metro São Bento fica a 5min a pé.

Torre do Foco

Rua Eugénio de Castro, 301

© Jota Cartas

Este edifício de 24 andares foi construído em 1978 e tem 75 metros de altura. Está situado na área de Ramalde, num bairro residencial conhecido como Foco. (Já agora, para todos os amantes declarados de chocolate: não percam a oportunidade de visitar a Chocolataria Bonitos, precisamente no Foco – vai ver que nos agradece!).

O que é verdadeiramente interessante não é a torre do Foco em si, mas antes a zona em que se encontra inserido. A zona do Foco era anteriormente conhecida como Graham, baptizada em homenagem a William Graham, dono de uma fábrica têxtil naquela área. Após o encerramento, o Sr. Graham decidiu aproveitar a terra para construir um complexo residencial.

© Porto Desaparecido’s Facebook page. A fábrica do sr. William Graham, na Avenida da Boavista, à direita.

Actualmente o bairro é conhecido como Foco depois do arquitecto Agostinho Ricca ter lá construído um cinema, com o mesmo nome, em 1962. Ricca mudou completamente a dinâmica desta zona da cidade com a sua visão moderna de urbanismo. Manteve os elementos morfológicos da “cidade tradicional” mas abandonando a ideia do “bloco fechado”. Projetou então uma área em harmonia com a natureza, composta de grandes espaços verdes.

Como chegar: A estação de metro Francos fica a 20min a pé.

Hotel Vila Galé Porto

Avenida de Fernão de Magalhães, 7

© Vila Galé

Construído em 1999, o Vila Galé Porto chegou à lista dos edifícios mais altos do Porto graças aos seus 76 metros de altura. Com 295 quartos e 23 andares, passou por reformas em 2015. O fundador, Jorge Rebelo de Almeida, é formado em Direito e estudou casos na indústria da construção civil e decidiu iniciar seu próprio projeto em 1986. O negócio começou com um hotel no Algarve, e após o seu sucesso, o Vila Galé chegou ao Porto no final dos anos 90.

© Vila Galé. Vista sobre o Porto a partir do último andar.

Com a sua arquitectura pós-modernista, o Vila Galé destaca-se dentro das fronteiras do Porto histórico, misturando o passado com o presente de uma forma elegante.

Como chegar: a estação de metrô 24 de Agosto fica a 5min a pé.

Hotel Dom Henrique

Rua Guedes de Azevedo, 179

© All About Portugal

Com 72 metros de altura e 18 andares, o Hotel Dom Henrique é a primeira grande construção em altura no Porto a usar betão armado. A 150 metros acima do nível do mar, partilha o mesmo horizonte que o edifício da Cooperativa dos Pedreiros – considerado o ponto mais alto do Porto.

Foi inaugurado em 1973 por um empresário português, Afonso Pinto de Magalhães, sendo ainda propriedade da sua família. O hotel foi concebido pelos modernos arquitectos Luís Pádua Ramos e José Carlos Loureiro. O hotel de 4 estrelas tem um restaurante e um bar no 17º andar.

Como chegar: A estação de metro do Bolhão fica a 5min a pé.

Câmara Municipal do Porto

Rua Clube dos Fenianos, 5

© Câmara Municipal do Porto

A Câmara Municipal do Porto foi originalmente concebida pelo arquitecto britânico Barry Parker, o mesmo arquitecto que desenhou a Avenida dos Aliados, mas o projecto original sofreu algumas alterações, uma vez que a burguesia do Porto não ficou satisfeita com o mesmo. A construção recomeçou em 1947 e foi finalizada apenas 8 anos depois, em 1957, muito pelo sentido cívico da Cooperativa dos Pedreiros, que decidiu continuar a obra embora a autarquia estivesse com dificuldade em financiar a obra.

O edifício em si não é propriamente muito alto, mas a torre do relógio tem 70 metros de comprimento.

O edifício é feito de granito retirado das rochas de Fafe, belíssima cidade do norte de Portugal. Os demais materiais são mármore, cimento, carvalho e madeira de sucupira.

© Câmara Municipal do Porto. Fotografia de 1936 que retrata a construção do edifício.

Como chegar: A estação de metro Trindade fica a 2min a pé.

Torre das Antas

Avenida Fernão de Magalhães, 1862


Com 70 metros de altura, a Torre das Antes foi construída em 1998 por Rosário Rodrigues. Aquele que é um dos edifícios mais altos do Porto foi construído principalmente para albergar os escritórios do FC Porto. Tem 17 andares e está suportada numa estrutura quadrada de três andares. A praça conta com bancos, a Loja de Cidadão e a Pizza Hut.

Como chegar: A estação de metro Estádio do Dragão fica a 8min a pé.

Bom Sucesso

Praça Bom Sucesso, 61

© Shopping Cidade do Porto

Com 16 pisos e 70 metros de altura, o Bom Sucesso é um dos edifícios mais altos do Porto, mas com uma legalidade questionável. O projecto foi aprovado pela Câmara Municipal do Porto na altura, apesar de violar os códigos de planeamento urbano. Foi construído pela Companhia Soares da Costa em 1994 e ficou preso numa batalha legal por 12 anos.

Viola dois códigos do planejamento do uso da terra. Em primeiro lugar, não cumpre o requisito de distância entre edifícios e áreas da escola e em segundo, está localizado dentro de um espaço verde protegido. Em 2003, uma ordem do Tribunal Administrativo exigiu a sua demolição, mas a decisão foi revogada em 2005. Em 2007, o edifício foi classificado como “legal” porque obteve uma licença da Câmara Municipal do Porto e está em funcionamento desde então.

O edifício é composto por duas partes; a parte leste é um centro comercial conhecido como Shopping Cidade do Porto com 90 lojas, sendo a parte oeste ocupado maioritariamente por escritórios.. Uma capela de 1748, a Capela de Nossa Senhora do Bom Sucesso, é reservada e pode ser vista ao lado do centro comercial.

Como chegar: A estação de metro Casa da Música fica a 10min a pé.

Porto Palácio Hotel & Spa

Avenida da Boavista, 1269

© S Hotels Collection

Outro exemplo de arquitectura pós-moderna no Porto é o Porto Palácio Hotel, um dos mais luxuosos hotéis do Porto. O edifício foi inaugurado em 1985 e tem 65 metros de altura.

O VIP Lounge Bar & Restaurant está localizado no último andar do hotel (19º andar) e tem mais de 200 tipos de uísque de todo o mundo. Também dispõe de brunches nos fins de semana, buffets de almoço durante a semana e um menu de jantar.

© S Hotels Collection

O VIP Lounge está aberto ao público de segunda a domingo, das 8h30 às 1h00. O restaurante abre às 12h30 para o almoço e às 20h para o jantar. É recomendável que faça reservas antes da sua visita.

Como chegar: A estação de metro Casa da Música fica a 12min a pé.

Ipanema Park Hotel

Rua de Serralves, 124

© HF Hotels

Fora das antigas muralhas do Porto, o Ipanema Park Hotel é facilmente visível do alto dos seus 65 metros de altura. O edifício foi construído em 1991 com 14 andares e em 1999 foi adquirido pelo Grupo HF.

Como chegar: a melhor maneira de chegar é apanhando um UBER.

Edíficio Burgo

Avenida da Boavista, 1837

© ArchDaily

O Edíficio Burgo foi desenhado por Eduardo Souto de Moura, o principal arquitecto do Metro do Porto e um dos arquitectos mais proeminentes do nosso tempo. O edifício situa-se no Foco, dentro do que é considerado o “centro empresarial” do Porto, tendo aberto as suas portas em 2007.

A torre de 60 metros é uma parte do edifício Burgo e tem 18 andares, ocupados por escritórios comerciais. A segunda parte é uma praça com três andares e é o lar de uma escola de beleza da L’Oreal. Fora da praça, existe uma impressionante escultura de ferro feita por Ângelo de Sousa.

O Edíficio Burgo merece sem dúvida ser incluído na lista dos edifícios mais altos do Porto, e na dos mais impressionantes também.

Como chegar: A estação de metro Casa da Música fica a 18min a pé.

Faça um tour privado no Porto comigo! 🙂

private tour porto

A melhor forma de ficar a conhecer bem o Porto é fazendo um tour privado comigo!

Para saber mais sobre os meus tours privados no Porto, visite esta página, ou envie um email para sara@portoalities.com.

Será um prazer recebê-lo no Porto! 🙂


Guarde este artigo para mais tarde:

2018-04-03T09:54:14+00:00Abril 3rd, 2018|Atrações turísticas|0 Comments
Vê os meus tours privados