Os melhores museus do Porto (e como visitá-los de graça)

Atrações turísticas

Dezembro 16, 2018
sara riobom blogger portoalities

Escrito pela Sara Riobom

Escrito pela Sara Riobom

sara riobom blogger portoalities

Eu organizo tours privados no Porto

tours privados porto
Para mais informações veja essa página ou envie um email para sara@portoalities.com.

Sempre que chego a uma cidade nova gosto de visitar pelo menos dois ou três museus que me permitam conhecer um pouco mais sobre a história e a cultura do lugar. Assim, achei que fazia sentido escrever uma lista daqueles que são, para mim, os melhores museus do Porto.

Esta lista não é, nem pretende ser, uma lista de TODOS os museus da cidade mas sim daqueles que eu considero mais relevantes, e que eu própria gosto de visitar nos meus tempos livres 🙂

Algumas dicas gerais sobre os museus do Porto:

  • A maior parte deles é de acesso gratuito aos domingos de manhã (pode verificar essa informação mais adiante, referente a cada museu em particular).
  • Se estiver a viajar com crianças recomendo que leia o nosso artigo sobre os melhores museus do Porto para famílias.
  • Há alguns museus com bilhetes combinados com outros monumentos (por exemplo, há um bilhete combinado para o Paço Episcopal do Porto que custa 11€ e permite acesso a este museu bem como aos claustros da catedral e à Torre dos Clérigos).

Como em todos os museus, costuma haver descontos para crianças e reformados, famílias e estudantes, por isso informe-se na bilheteira sobre o bilhete mais adequado para si e/ou para o seu grupo.

Sem mais demoras, estes são os melhores museus do Porto:

Museu de Serralves

Rua Dom João de Castro, 210

Aquele que é, provavelmente, o meu espaço preferido na cidade, é dos poucos museus do Porto com um posicionamento verdadeiramente internacional. Nesta casa passam não apenas os melhores artistas nacionais (a exposição dedicada a Helena Almeida foi belíssima) mas também artistas mundialmente reconhecidos como o artista plástico Anish Kapoor ou o pintor Giorgio Griffa.

A Fundação de Serralves também organiza um evento muito popular chamado “Serralves em Festa”, em que durante 50h consecutivas decorrem dezenas de actividades (performances nos jardins, sessões de cinema, artes circenses, concertos, etc) em todos os espaços deste grande museu do Porto.

Se for visitar o Museu de Serralves não deixe de visitar os jardins, que são um dos melhores jardins do Porto.

Pode comprar o ingresso online para o Museu de Serralves – e aproveitar um belo e fortificante passeio pelos seus vastos jardins.

Dica: se quiser poupar uns trocos visite o Museu de Serralves no primeiro domingo de cada mês, das 10h às 13h.

Como chegar: leia mais sobre como chegar à Fundação de Serralves.

Museu Nacional Soares dos Reis

Rua D. Manuel II, 44 | Ter – Dom: 10h às 18h

O Museu Nacional Soares dos Reis é não só um dos melhores museus do Porto como também o museu mais antigo de Portugal. Foi fundado em 1833, em plena Guerra Civil, para recolher os bens confiscados aos antigos mosteiros e conventos da cidade do Porto.

Curiosamente a sua localização inicial era no extinto Convento de Santo António, perto do Jardim de São Lázaro. Foi apenas no advento da ditadura salazarista, em que se valorizou não apenas a conservação do património mas também (e, na minha opinião, tristemente) a exaltação dos valores nacionais paralelamente ao isolamento das nossas fronteiras, que o Museu Nacional Soares dos Reis se mudou para a sua morada actual, no antigo Palácio dos Carrancas.

Este é um dos mais completos museus do Porto no sentido em que alberga exposições permanentes dedicadas a temas tão diversos como pintura, escultura, artes decorativas e mobiliário.

O museu tem também um pequeno jardim de camélias e um dos segredos mais bem guardados do Porto: o antigo velódromo Rainha D. Amélia, situado nas traseiras.

Dica: pode visitar este museu gratuitamente todos os domingos e feriados até às 14h. Há também uma série de descontos nos bilhetes do Museu Nacional Soares dos Reis.

 Como chegar: existem várias linhas de autocarros da STCP que têm paragem perto do museu (200, 207, 302 300,601, 602, 507, 501, 201).

Galeria da Biodiversidade

Rua do Campo Alegre, 1191 | Ter – Dom: 10h às 18h

Descartado por alguns como um espaço para crianças, a verdade é que a Galeria da Biodiversidade merece o seu lugar ao sol como um dos melhores museus do Porto independentemente da idade de quem o visita.

O hall de entrada da Galeria da Biodiversidade presenteia-nos com o esqueleto de uma baleia azul que deu à costa na praia de Leça da Palmeira nos anos 30. Subimos, deslumbrados, uma escadaria que nos conduz a uma série de salas e corredores airosos onde diversos exercícios de extrema simplicidade podem ser executados pelos visitantes.

Já considerámos a Galeria da Biodiversidade um espaço ideal para crianças precisamente por ter esta componente didática tão presente, mas honestamente para mim é também um dos melhores museus do Porto porque nos leva a pensar em componentes de física, química e mesmo de história de uma forma divertida e leve.

Dica: se quiser poupar uns trocos visite a Galeria da Biodiversidade no segundo domingo de cada mês, das 10h às 13h. Há também uma série de descontos nos bilhetes da Galeria da Biodiversidade.

Como chegar: a paragem de autocarro “Jardim Botânico” é servida pelas linhas 204 e 504 (que por sua vez têm ligação à estação de metro Casa da Música) e está bem perto deste museu.

World of Discoveries

Rua de Miragaia 106 | Seg – Sex: 10h às 17h30; Sáb – Dom: 10h às 18h30

Uma das melhores museus no Porto para visitar com as crianças é o museu interactivo World of Discoveries. Este museu é uma ótima forma de descobrir a história de Portugal, o Universo e o mundo natural.

Tem vários painéis interactivos muito interessantes disponíveis em várias línguas. Tem também membros do staff vestidos como personagens históricas, que explicam a História de Portugal. Mas o melhor de tudo é a viagem de barco pelos continentes e países que Portugal descobriu ao longo dos séculos!

Tal como a Galeria da Biodiversidade, o World of Discoveries também é muitas vezes descartado como um museu só para crianças. A verdade é que na minha opinião é um museu para todos, porque a diversão e a aprendizagem não têm idade!

Há diversão para todos no World of Discoveries! 😉

Preços do World of Discoveries:
Adultos: 14€
Crianças [4-8]: 8€
Adultos >65: 11€

Pode comprar o ingresso salta fila para o World of Discoveries do Porto, que custa 11€/adulto e 6€/criança. Assim, poupa 3€/adulto e 2€/criança 😉

Como chegar lá: Autocarros / ônibus 500. Veja os itinerários aqui. Se não estiver com carrinho de bebé pode simplesmente apanhar o elétrico / bondinho – veja o meu guia sobre as linhas de elétrico / bondinho no Porto.

Museu do FC Porto

Via Futebol Clube do Porto – Estádio do Dragão | Todos os dias das 10h às 19h

Se você / a sua cara metade / os seus filhos são apaixonados por futebol, porque não visita o Museu do FC Porto, dedicado ao nosso famoso clube de futebol?

Apesar de eu não gostar de futebol reconheço que este é um dos melhores museus do Porto, pois é muito informativo mas sem ser maçudo. Dispõe de vários painéis interativos, uma impressionante sala de troféus e modelos de jogadores famosos em tamanho real, além de muitas outras surpresas. Tem também bastante informação sobre a criação do clube e a sua importância histórica para a cidade do Porto.

Você pode visitar o museu do FC Porto, depois comer alguma coisa no Alameda Shopping (que é mesmo ao lado) e voltar para assistir a um jogo de futebol, que tal ? 🙂

Dica: não fazem ideia do quão lotado este museu fica, com longas filas de espera (afinal de contas, está classificado como a 3ª melhor actividade a fazer no Porto no TripAdvisor!). Então eu recomendo que compre o bilhete online para o Museu do FC Porto. Tenha em atenção que só pode comprar o bilhete online para o museu, por isso, se também pretende visitar o estádio, recomendo que compre os dois bilhetes (Museu do FC Porto + estádio) na bilheteira no próprio local.

Como chegar: a estação de metro Estádio do Dragão fica a 2 minutos a pé.

Museu Militar do Porto

Rua do Heroísmo, 329 | Ter – Dom: 10h às 17h

Desde que sou pequenina que me lembro de ver o meu pai colado ao canal de História, a ver uma quantidade impressionante de programas dedicados a guerras e batalhas longínquas. Cresci rodeada de miniaturas de aviões da segunda guerra mundial, na certeza de que posso colocar qualquer pergunta sobre história bélica ao meu pai que a resposta seguirá prontamente.

Por isso, é nele que penso ao escrever sobre o Museu Militar do Porto. No primeiro piso encontra-se uma vasta colecção de miniaturas de soldados de vários países e de várias épocas históricas, desde a Guerra da Secessão dos Estados Unidos aos diversos corpos ingleses na primeira guerra mundial.

Não fiquei particularmente impressionada nesta parte, confesso. Mais animadoras são as colecções do rés do chão, dedicadas a momentos fundamentais da história militar portuguesa, como o Cerco do Porto (1832 – 1834) e as tumultuosas tentativas de implantação da república.

No entanto, o que verdadeiramente me impressionou foi o pavilhão das armas, dividido entre uma secção dedicada à presença de Portugal na primeira guerra mundial e outra dedicada às guerras coloniais travadas em Angola, Moçambique e Guiné.

Se calhar porque sou fascinada pela primeira guerra mundial, achei particularmente interessante ver as fotos do conflito, os objectos usados pelos soldados e a impressionante colecção de armas de guerra de grande porte expostas.

Na minha opinião este é um dos melhores museus do Porto, mas creio que apela a um público específico, que goste verdadeiramente desta temática e, de preferência, que tenha já algum conhecimento prévio sobre o assunto.

Dica: pode visitar este museu gratuitamente todos os domingos de manhã. Aproveite e passe na Confeitaria Chicana para comer um fabuloso croissant saído do forno!

Como chegar: as estações de metro 24 Agosto e Heroísmo estão a 5min a pé.

Museu do Carro Eléctrico

Alameda de Basílio Teles, 51 | Todos os dias das 10h às 18h

O Museu do Carro Eléctrico é uma agradável surpresa nesta lista dos melhores museus do Porto. Alojado na antiga Central Termoeléctrica de Massarelos, este museu é uma memória viva dos transportes colectivos portuenses, desde o pitoresco carro americano até aos belos carros elétricos dos anos 50, passando pelos carros de apoio.

O Museu do Carro Eléctrico está dividido em duas partes:

  • Uma imensa galeria com exemplares de carros eléctricos desde 1895 até aos finais da década de 50;
  • Uma galeria de máquinas industriais (a existência de uma rede de carros eléctricos na cidade pressupõe a existência de uma central geradora de energia que a possa abastecer).

Ambas as galerias têm painéis explicativos em português e em inglês e, para além disso, álbuns digitais de fotografias do Porto antigo que eu achei um máximo. Há áudio guias disponíveis de forma gratuita e a possibilidade de agendamento de visitas guiadas (para grupos de, no mínimo, 10 pessoas, ou para grupos escolares). Podem fazer o vosso pedido de visita guiada para museu@stcp.pt.

O Museu do Carro Eléctrico é simultaneamente interessante para quem tenha, como eu, um background de engenharia ou ciências ou, então, para famílias com crianças (quando eu era pequena o meu pai fartou-se de nos levar a este tipo de museus, e nós adorávamos!).

Como chegar: a sua visita ao Museu do Carro Eléctrico é uma excelente desculpa para apanhar o eléctrico #1 J Saia na estação de Massarelos, o museu é mesmo em frente.

MMIPO – Museu da Misericórdia do Porto

Rua das Flores, 15 | Todos os dias das 10h às 17h30

O MMIPO foi considerado o melhor museu português em 2016 e, no entanto, continua fora dos radares de (praticamente) toda a gente (que eu conheço) que visitou o Porto.

É pena, porque é dedicado a uma instituição – a Santa Casa da Misericórdia do Porto – que teve um papel fundamental na rede de apoio social da nossa cidade.

É precisamente isto que o MMIPO documenta: a fundação da Santa Casa da Misericórdia do Porto, as suas principais obras (o hospital de Santo António e o de Conde Ferreira, só para nomear algumas) e a sua estrutura interna.

Tem também uma sala de pinturas dos principais benfeitores da instituição (leia-se, pessoas que fizeram grandes doações monetárias a troco de um lugar no Céu) e uma, minúscula, de objectos usados na liturgia.

Eu diria que, dada a temática tão específica, o MMIPO é um dos melhores museus do Porto para praticantes fervorosos da fé cristã.

Dica: não se esqueça de comprar o seu bilhete online para o MMIPO.

Como chegar: a estação de comboio / metro São Bento está a 10min a pé.

Museu da Farmácia

Rua Eng. Ferreira Dias, 728 | Seg – Sáb: 10h às 18h

Escondido na zona industrial, já a uma distância considerável do centro mas facilmente acessível através do metro do Porto, o Museu da Farmácia dispõe de um acervo pequeno mas maravilhosamente trabalhado.

Aqui pode encontrar uma cronologia muito interessante sobre a evolução dos conceitos de Doença, Medicina e Farmácia ao longo dos séculos e em várias civilizações diferentes. Cada parte da cronologia é apresentada com uma série de objectos temáticos (gostei particularmente das farmácias portáteis!). Para além disso, pode ver as famosas réplicas da Farmácia Escácio e de uma Farmácia islâmica do Império Otomano.

A meu ver este museu só tem um defeito imperdoável, que é estar fechado aos fins de semana (isto é cada uma…).

Como chegar: a estação de metro Ramalde está a 10min a pé.

17.56 Museu e Enoteca

Alameda da Rua Serpa Pinto, 44B – Gaia | Todos os dias das 10h30 às 19h

vista enoteca 17.56 porto
Nem só das caves vive o vinho do Porto e, nesse sentido, a Real Companhia Velha soube posicionar-se estrategicamente de forma a colmatar uma lacuna na oferta turística existente, oferecendo uma alternativa aos turistas que preferem conhecer a história do Douro Vinhateiro em maior profundidade e ao seu próprio ritmo.

O 17.56 Museu e Enoteca é, como o próprio nome indica, um espaço que combina um museu dedicado à história do vinho do Porto com uma sofisticada enoteca onde são servidos os melhores vinhos da Real Companhia Velha e bons exemplares de vinhos internacionais. A complementar estes serviços, existe uma loja de vinhos da marca bem como uma fromagerie.

Dica: se visitar o museu não deixe de passar na Enoteca. Para além dos petiscos diversos, que vão desde a comida japonesa até carnes maturadas, pode provar belíssimos vinhos servidos num terraço muito romântico.

 Preço: Visita ao Museu + prova de dois vinhos do Porto por 15€ / pessoa.

Como chegar lá: a melhor maneira é apanhar um Uber.

Paço Episcopal do Porto

Terreiro da Sé | Seg – Sáb 9h às 13h e das 14h às 18h

Na minha humilde e perfeitamente laica opinião, pouca gente dá a devida atenção àquele que é um dos edifícios mais magníficos do Porto. Falo-vos do Paço Episcopal, residência oficial e efectiva do bispo do Porto, finalmente aberto ao público em 2016 pelo então bispo da cidade, D. António Francisco dos Santos.

O edifício apresenta-se com belíssima escadaria barroca (de suposta autoria de Nicolau Nasoni) que conduz a diversos salões não menos impressionantes, tais como a Sala Vermelha (onde os bispos tomaram posse ao longo dos séculos) e a Sala de Audiências, para recepção dos convidados.

Talvez não seja muito ortodoxo classificar o Paço Episcopal como um dos melhores museus do Porto mas a verdade é que os tours aqui providenciados são dos mais bem estruturados da cidade.

Como chegar: a estação de comboio / metro São Bento está a 10min a pé.

Faça um tour privado no Porto comigo! 🙂

private tour porto

A melhor forma de ficar a conhecer bem o Porto é fazendo um tour privado comigo!

Para saber mais sobre os meus tours privados no Porto, visite esta página, ou envie um email para sara@portoalities.com.

Será um prazer recebê-lo no Porto! 🙂


Guarde este artigo para mais tarde:

melhores museus porto exposicao pintura

melhores museus porto exposicao carros eletricos

2019-08-29T12:00:35+00:00Dezembro 16th, 2018|Atrações turísticas|0 Comments
Vê os meus tours privados