Motivos para visitar o Douro

Vale do Douro

Setembro 10, 2019
sara riobom blogger portoalities

Escrito pela Sara Riobom

Escrito pela Sara Riobom

sara riobom blogger portoalities

Nós organizamos tours privados no Douro


Veja mais informações sobre os tours no Douro ou simplesmente envie um email para sara@portoalities.com.

Quanto mais viajo mais me apercebo que tenho tudo o que procuro mesmo aqui em casa: lindas paisagens, ótima comida e vinho e pessoas generosas.

Por isso, não é surpresa nenhuma o facto de eu passar muito do meu tempo livre no Douro (sem contar o tempo em que estou lá a guiar tours vinícolas privadas), um dos lugares mais espetaculares para visitar em Portugal.

Para além das mais óbvias, existem imensas motivos para visitar o Douro por isso juntem-se a mim!

No fim do artigo, incluí informação extra sobre como planear a sua viagem no Douro.

1. O Douro é o o local de nascimento do Vinho do Porto…

motivos para visitar o douro

© Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo

Se nunca ouviu falar do Vinho do Porto, provavelmente vive debaixo de uma pedra. Existem documentos que provam que o Vinho do Porto é exportado para a Inglaterra desde (pelo menos) 1678 e sabe-se que pessoas bastante famosas deleitaram-se com este nectar dos deuses, como Winston Churchill e a Rainha de Inglaterra. Não acham que é um óptimo motivo para visitar o Douro?!

Como desejamos espalhar o amor pelo Vinho do Porto, até já escrevemos um artigo chamado Vinho do Porto para totós que explica os conceitos básicos sobre este tipo de vinho. Mas para estarmos todos em pé de igualdade, deixem-me só dizer-vos que é um vinho fortificado com teor alcoólico entre 19.5º e 21.5º. Existem vários estilos diferentes (os mais notáveis são o Tawny e o Ruby) e pode ser servido como aperitivo, sobremesa ou em cocktails (um desperdício terrível, na minha opinião).

No Douro pode participar em provas de vinho nos mais conhecidos produtores de Vinho do Porto. Alguns exemplos são a Quinta da Roêda (pertence à Fladgate Partnership), a Quinta do Bomfim (pertence à Symington’s) e a Quinta das Carvalhas (pertence à Real Companhia Velha, a empresa mais antiga de Vinho do Porto). Estão todas localizadas no Pinhão, a vila mais importante na sub-região do Cima Corgo.

2. …mas pode lá encontrar também vinhos e azeite

O Vinho do Porto é um gosto adquirido por isso entendo que não seja um dos seus motivos para visitar o Douro. Talvez não saiba que desde os anos 80 existem imensos produtores a produzir dos melhores vinhos do mundo (sem exageros – eles têm ganho imensos prémios como o International Wine Challenge, o Berlin Wine Trophy e o Decanter World Wine Awards, para nomear apenas alguns). Os vinhos do Douro também têm sido frequentemente elogiados por críticos internacionais como Robert Parker.

Existem literalmente centenas de produtores na região, mas poucos recebem visitas. Pode descobrir as melhores vinícolas para visitar porque são definitivamente um dos motivos para visitar o Douro.

Para além disso, as oliveiras são tradicionalmente usadas para separar as diferentes castas/propriedades por isso a maior parte dos produtores também serve azeite durante as provas de vinho. Se acha que não gosta de azeite, pense duas vezes: o azeite português não fica nada atrás do grego e do espanhol!

3. Mesmo que não goste de vinho, pode aproveitar um cruzeiro no rio Douro

Quando recebemos pessoas que não bebem álcool ou crianças nas nossas tours privadas do Douro costumo sugerir que façam um cruzeiro no rio Douro. Escrevi um artigo dedicado aos melhores cruzeiros pelo Douro e como escolher o que melhor se adequa às expectativas e necessidades do seu grupo, mas os meus preferidos são os mais curtos, que partem do Pinhão. É definitivamente um bom motivo para visitar o Douro!

Eu gosto destes cruzeiros no rio Douro porque duram apenas uma hora ou duas por isso dá tempo suficiente para fazer uma visita a uma vinícola, ou visitar uma das vilas dedicadas ao vinho (lá chegaremos). Para além disso, a paisagem que se vê do barco é absolutamente perfeita!

Existem vários operadores a fazer estes cruzeiros no rio Douro, mas pessoalmente recomendo os do Magnífico Douro porque os passeios são económicos e os funcionários são amáveis. Pode simplesmente comprar o ingresso online para o cruzeiro de 2 horas no Douro ou o ingresso online para o passeio de 1 hora pelo Douro, dependendo da sua disponibilidade.

Preços: O cruzeiro de 1 hora custa 10€ e o de 2 horas custa 20€.

4. A paisagem é de tirar a respiração

motivos para visitar o douro

Esta região é o paraíso para amantes de vinho como eu, mas outro motivo para visitar o Douro é a paisagem de tirar a respiração! É especialmente maravilhoso olhar para as encostas onde crescem as vinhas, e se fotografar os declives com o rio Douro na paisagem é uma fotografia genial de certeza.

Existem imensos miradouros fantásticos no Douro mas os meus favoritos são o de São Leonardo da Galafura (imortalizado nos livros de Miguel Torga), Casal de Loivos (a norte do Pinhão) e o (mais desconhecido miradouro) de Armamar, a sul do rio Douro.

5. Pode visitar uma das lindas vilas no Douro

motivos para visitar o douro

Outro dos motivos para visitar o Douro é para ir a uma das vilas da região. Existem seis vilas vinícolas no Douro e as que eu gosto mais são Tabuaço (tem o mais completo relógio feito à mão do mundo) e Ucanha, com as suas torre e ponte medievais. 

Deve ter em consideração que as estradas para chegar às vilas vinícolas são estreitas e sempre às curvas. Eu gosto bastante de lá conduzir mas eu mas conheço a região como a palma das minhas mãos – a maior parte dos meus clientes fica ansiosa quando vêm o que têm pela frente. Mas se for um condutor experiente vale mesmo a pena aventurar-se nestas estradinhas 🙂

6. O Douro é o local perfeito para experimentar comida portuguesa

Se é interessado em gastronomia, então a comida tradicional portuguesa é definitivamente um dos melhores motivos para visitar o Douro. Lá encontrará muitos restaurantes que servem comida tradicional portuguesa como a Toca da Raposa mas também opções mais requintadas como o famoso DOC (do chef Rui Paula, detentor de estrelas Michelin) e o Castas & Pratos.

Na minha opinião, escolher o restaurante perfeito no Douro é uma decisão crucial que deve tomar dependendo das suas prioridades: visitar as vinícolas ou provar uma refeição inesquecível. Lembre-se que quanto mais requintado o restaurante mais tempo demorará a refeição, e pode ficar sem tempo para dedicar na sua visita aos produtores de vinho.

Para os vegans, vegetarianos, com dietas sem gluten ou intolerantes à lactose: o Douro é uma região do interior com gastronomia muito à base de carne, por isso não esperem ter muitas opções. Certamente que os restaurantes locais podem confecionar uma refeição sem carne, mas não esperem que a confecção seja separada ou que estejam disponíveis para enviar-vos o menu por email.

Se as vossas restrições dietéticas são graves, aconselho a que levem a sua refeição pré-preparada. É o que eu faria.

7. E também pode fazer novos amigos

Estou sempre a brincar que se tivesse um acidente de carro no Douro (deus me livre) teria pelo menos cinco amigos prontos a ajudar-me e é provavelmente verdade!

As pessoas no Douro são extremamente generosas e amáveis e esforçam-se mesmo para que se sinta em casa. Digam lá que não é um excelente motivo para visitar o Douro?

No entanto, não confundam a amabilidade com fraqueza: eles são empresários acima de tudo, e mudarão a sua atitude se acharem que estão a abusar da sua hospitalidade.

A maior parte das propriedades também têm cães, por isso poderá fazer também alguns amigos de quatro patas! 😉

Informação extra: como organizar uma viagem ao Douro

Agora que lhe dei imensas razões para visitar o Douro, está na altura de planear a sua viagem. Escrevi um artigo completo sobre o assunto, mas tem basicamente três opções razoáveis:

  • Alugue um carro e organize a viagem você mesmo. Recomendo para aqueles que já são condutores experientes (porque as ruas são estreitas e ventosas) porque é um ótima experiência. Mas tenha atenção que não poderá aproveitar tanto as provas de vinho (já que não deve beber e conduzir) a não ser que tenha um condutor designado (coitado). Para encontrar as melhores ofertas de aluguer de carros, consulte o RentalCars ou o AutoEurope.
    • Se está à procura de uma tour mais em conta, veja as empresas que organizam tours em grupo. Vou ser totalmente honesta: como vai pagar um valor moderado não irá provar vinhos fenomenais nem ser acompanhado por um guia muito conhecedor, mas eu sei que para alguns é a única forma de visitar a região.

motivos para visitar o douro

  • Se quer tomar o maior partido da experiência de visitar o Douro e tem algum dinheiro para gastar, considere marcar uma tour privada connosco. As nossas tours não são baratas (não vou desperdiçar o seu tempo e dizer que são), mas levá-lo-ei a produtores únicos onde poderá provar vinhos espetaculares.

Tanto eu como os outros guias que trabalham comigo (os quais ensinei eu mesma a guiar tours vinícolas) são extremamente conhecedores – não vá só por mim, leia os comentários dos nossos clientes no Tripadvisor! Se está a pensar marcar uma tour privada no Douro, mande-me um email com o seu nome, número de pessoas no seu grupo e a data em que pretende fazer a tour (para sara@portoalities.com). Será um prazer guiá-lo pelo Douro! 😉 

Não perca tempo a organizar a sua ida ao Douro.
Eu trato disso por si!

tour vinicolas douro

Em vez de perder tempo a organizar a sua ida ao Douro, simplesmente fale comigo! Eu organizo tours privados, com a duração de um dia, nas vinícolas do Douro.

Basta enviar um email para sara@portoalities.com indicando o dia em que pretende visitar as vinícolas do Douro. Eu criarei um roteiro pelo Douro que incluirá transporte privado, tours nas melhores vinícolas da região, almoço num restaurante típico português e algumas surpresas pelo caminho 🙂


Guarde este artigo para mais tarde:

porque visitar douro portugal vindimas

razoes visitar douro portugal

2019-09-11T09:44:58+00:00Setembro 10th, 2019|Vale do Douro|0 Comments
Vê os meus tours privados