Eu organizo tours privados no Porto

tours privados porto
Para mais informações veja essa página ou envie um email para sara@portoalities.com.

Londres tem o Tamisa, as Fish & Chips e o imponente London Eye. Paris vangloria-se da pirâmide do Louvre, do Pain au Chocolat e do Sena. A Índia tem o Taj Mahal, Japão tem o Godzilla e comboios ultra-rápidos, Brazil tem o seu clima tropical espantoso…eu podia continuar mas já perceberam a ideia. 😉

Todos estes destinos têm algo de especial, mas o que é que torna a Invicta tão única? Eu sei e tenho todo o prazer em contar-lhe os seus segredos. Ora aqui vamos!

Vamos explorar juntos as tradições, monumentos, personalidades e gastronomia a não perder na cidade do Porto…

Azulejos no Porto

Ainda estou para conhecer alguém que seja indiferente aos belos azulejos que são definitivamente uma das coisas a não perder na cidade do Porto. Os azulejos cobrem as fachadas de edifícios privados na cidade, com o intuito de proteger contra a humidade.

No entanto, os mais notórios azulejos do Porto são aqueles que cobrem as fachadas da maioria das igrejas, assim como o átrio da Estação de São Bento. Se quer aprender mais sobre o significado por trás das cenas pintadas nos azulejos do Porto, considere agendar uma tour privada connosco!

Outra coisa que pode experimentar no Porto é participar num workshop de azulejos na Gazete. É uma atividade perfeita para as famílias que dura 2h nas quais vai não só aprender mais sobre os azulejos mas também poderá criar o seu próprio. Mais tarde poderá comprar um azulejo ou pode pagar uma taxa extra para que a Gazete envie o azulejo criado por si no Porto. O quão espetacular é esta oportunidade?

Siza Vieira e Souto de Moura

Não sei se conhece os nomes Álvaro Siza Vieira e Eduardo Souto de Moura, mas eles são os mais famosos arquitetos portugueses. Ambos nasceram no Porto e ambos receberam o Prémio Pritzker, o mais importante prémio de arquitetura do mundo.

Já publicámos artigos acerca dos mais importantes monumentos criados por Siza Vieira no Porto, assim como os de Souto de Moura. Recomendo que dê uma vista de olhos por todos estes lindos monumentos !

Arquitetura Barroca

Falei acima acerca dos dois mais famosos arquitetos contemporâneos do Porto. Mas na verdade, quando chega à nossa cidade será imediatamente imerso na indiscutivelmente impressionante Arquitetura Barroca que não pode perder na cidade do Porto.

Existem muitos exemplos da notável arquitetura barroca no Porto, principalmente associada ao italiano Nicolau Nasoni, que viveu na nossa cidade durante a primeira metade do séc. XVIII. Ele é responsável pelos mais notáveis edifícios barrocos, como as famosas Igreja e Torre dos Clérigos, a Igreja da Misericórdia do Porto (perto do museu MMIPO) e o imponente Palácio do Freixo, que é um dos mais luxuosos hotéis do Porto.

Outro grande exemplo do período barroco no Porto é o interior da Igreja de São Francisco, que é completamente revestido em folha de ouro barroca. Faça um favor a si próprio e visite (mesmo se não for religioso) porque é uma visão estonteante!

Rio Douro

barcos rabelo rio douro porto

Apesar de não “nascer” em Portugal mas sim em Espanha, é no Porto, local onde escorre para o Oceano Atlântico e encontra o seu fim, que o Rio Douro mostra toda a sua magnificência.

O Rio Douro divide também duas cidades rivais – Porto, a norte, e Vila Nova de Gaia, a sul. Estas duas cidades estão conectadas pelas famosas seis pontes, e a melhor maneira de as admirar é participando num Cruzeiro das Seis Pontes. É essencialmente uma viagem de barco de uma hora, durante a qual poderá não só ver as pontes mas também vislumbrar a Ribeira, uma zona no Porto que faz parte do Património Mundial da UNESCO.

Esta atividade é ótima se necessita de relaxar um pouco entre visitas a museus ou passeios pela cidade. É também apropriado para famílias com crianças. Não se esqueça de adquirir o seu bilhete online para o Cruzeiro da Seis Pontes porque eles vendem muito rápido!

Dica: A maioria da pessoas prefere comprar o bilhete combinado para o Cruzeiro das Seis Pontes, a tour de autocarro Hop On Hop Off no Porto e para as Caves de Vinho do Porto, o que também ajuda a poupar imenso (se comprar separado custar-lhe-á cerca de 42€).

Se não lhe apetece uma viagem de barco, pode simplesmente subir a Serra do Pilar para tirar a melhor fotografia do Rio Douro.

Festa de São João no Porto

festa sao joao porto

© Correio da Manhã

Para quem gosta de uma boa festa: se não sabe que o Porto é famoso pela sua espetacular celebração da Noite de São João, provavelmente vive debaixo de uma pedra.

A Festa de São João no Porto é a celebração mais importante do ano, e sim, eu estou a incluir o Ano Novo e afins. É basicamente a noite em que milhares de pessoas se juntam para comer, assistir ao fogo-de-artifício perto da Ponte D. Luís I e bater na cabeça de estranhos com martelinhos de plástico. Aconselho a ler o meu guia completo para a Festa de São João no Porto para aprender mais sobre esta e outras tradições lunáticas desta celebração maravilhosa.

O glorioso FC Porto, a nossa equipa local de futebol

estadio dragao porto

© FC Porto

Já deve ter notado que não sou fã de futebol. Sendo assim, sou imune à popularidade da nossa famosa equipa local, o FC Porto, mas reconheço que é definitivamente algo a não perder na cidade do Porto.

Acredito que a melhor forma de realmente perceber o que o FC Porto significa é assistir a um jogo do clube no Estádio do Dragão. Se não puder assistir a um jogo de futebol, recomendo então que compre um bilhete online para visitar o Estádio do Dragão.

Caves do Vinho do Porto

O que não perder na cidade do Porto são as históricas Caves do Vinho do Porto. Apesar do Vinho do Porto não ser produzido na cidade mas no Douro Vinhateiro, até aos anos 80 esta bebida fortificada tinha de ser envelhecida em caves no Porto. Por este motivo, o vinho começou a ser mundialmente conhecido pelo sítio onde era envelhecido, engarrafado e enviado: o Porto.

Mesmo que não seja um apreciador de Vinho do Porto, acho que uma visita às Caves é uma oportunidade que não deve perder, nem que seja só pela quantidade impressionante de barris antigos que elas albergam. Pode até combinar a sua visita com um concerto de Fado para tornar a experiência ainda mais especial. Aproveite para adquirir o seu bilhete para ouvir Fado nas Adegas de Vinho do Porto da Casa Calém, já que os dois são uma ótima combinação!

Francesinhas e Tripas, os maravilhosos pratos locais do Porto

tripas moda do porto

© José Moreira

A esta altura, deve estar provavelmente tanto assustado como excitado em experimentar a francesinha, que é um dos pratos a não perder na cidade do Porto. É basicamente uma enorme sandes que tem bife, três tipos diferentes de salsicha, tudo coberto num molho picante de tomate e servido com batatas fritas e cerveja fresca. Soa a um monte de calorias empilhadas? Isso é porque é (nem vou dizer o número de calorias que tem senão recusa-se já a provar). O que posso já dizer é onde podem encontrar as melhores francesinhas do Porto.

Outro prato extremamente popular entre os portuenses são as Tripas à Moda do Porto, um estufado feito com feijão branco, estômago de vaca, diferentes tipos de salsicha, cenouras e arroz branco que faz aquecer o coração. Eu sei que parece horrível mas pode confiar em mim porque eu sou um bom garfo.

Tripas à Moda do Porto é um prato tradicional normalmente servido às Quinta-Feiras ao almoço nos melhores restaurantes tradicionais do Porto.

Peixe em Conserva

Na sua visita, o peixe em conserva é algo a não perder na cidade do Porto. O peixe em conserva é produzido em todo o país mas mais notavelmente em Matosinhos, uma cidade um pouco a norte do Porto.

Ao contrário do que as pessoas pensam, não comemos só sardinhas em conserva – existem imensas variedades de peixe em conserva como cavala, carapau, bacalhau, polvo, lula…e por aí fora! Também são condimentados com molhos diferentes como azeite, tomate, tomate picante, pimento em pickle, etc.

As combinações de peixes e molhos são intermináveis portanto recomendo que se dirija a uma das belas mercearias tradicionais portuguesas no Porto e compre várias latas de diferentes marcas. Depois aconchegue-se em casa, abra umas quantas e sirva-as com bolachas de arroz, um queijo bem curado e uma garrafa de vinho tinto. É o que eu chamo um jantar à preguiçoso!

Faça um tour privado no Porto comigo! 🙂

private tour porto

A melhor forma de ficar a conhecer bem o Porto é fazendo um tour privado comigo!

Para saber mais sobre os meus tours privados no Porto, visite esta página, ou envie um email para sara@portoalities.com.

Será um prazer recebê-lo no Porto! 🙂


Guarde este artigo para mais tarde:

o que nao perder cidade porto portugal torre clerigos bondinho

o que nao perder cidade porto portugal vinho adegas